Arquivo da categoria: VMM 2008

SCVMM – Configurações Suportadas

  • Em um ambiente single server, o VMM pode gerenciar ambientes acima de 20 hosts.
  • Se o seu ambiente consiste de vários data center, você pode escolher por implementar um VMM central para gerenciar todos os ambientes  o seu data center, ou implementar o VMM  separadamente em cada data center para genrenciar seu ambiente virtual. Se o seu data center tem um grande ambiente de teste e desenvolvimento, você pode implementar o VMM separadamente, para gerenciar exclusivamente esses
    ambientes.

Caminhos Suportados para Migrações e Updates

VMM 2008

  • Você pode migrar para o VMM 2008 das seguintes versões anteriores do VMM:
    • Virtual Machine Manager 2007
    • Virtual Machine Manager 2008 Beta
    • Virtual machine Manager 2008 Evalution

VMM 2008 R2

  • Você pode atualizar do VMM 2008 para o 2008 R2
  • Você pode atualizar do VMM 2008 R2 RC para o VMM 2008 R2

VMM 2008 R2 SP1

  • Você pode atualizar do VMM 2008 R2 para o VMM 2008 R2 com o Service Pack 1
  • Você pode migrar do VMM 2008 R2 SP1 RC para o VMM 2008 R2 com SP1

OBS: Você somente pode fazer o upgrade para o VMM 2008 R2 SP1 a partir de uma instalação do VMM 2008 R2 existente.
Upgrades a partir do VMM 2007 e VMM 2008 não são suportados.

Antes de você efetuar este procedimento, é extremamente recomendado que você faça o backup completo da base VMM 2008 R2.
Depois de instalado o Sercice Pack, você não consegue remove-lô de uma forma independente.

System Requirements

Single Server

Aplica-se para: VMM 2008, 2008 R2, 2008 R2 SP1

Este tópico descreve os requisitos minimos e recomendados de hardware e software para o SCVMM 2008 ou 2008 R2 quando você instala todos os componentes em um computador único. Os requisitos variam baseados na configuração do seu sistema e no número de hosts e máquinas virtuais que você vai gerenciar.

Este cenário é recomendado somente se você vai gerenciar um pequeno número de hosts. Para uma melhor performance quando você gerencia um grande número de hosts, é recomendado que você distribua a carga de trablaho instalando os componentes do VMM em computadores dedicados.

Hardware Requirements

5 a 10 hosts

Hardware component

Minimum

Recommended

Processor Pentium 4, 2 Ghz (x64) Dual-core pentium 4, 2Ghz (x64) ou maior
RAM 2GB 2GB
Hard Disk Space 10 GB 40 GB

11 a 20 hosts

Hardware Component

Minimum

Recommended

Processor Pentium 4, 2.8 GHz (x64) Dual-Core Pentium 4, 2.8 GHz (x64) ou maior
RAM 2GB 4GB
Hard Disk Space 10GB 50GB

Software Requirements

Software Requirement Notes
Windows PowerShell 1.0 or 2.0 Windows PowerShell 1.0 is included in Windows Server 2008
Windows PowerShell 2.0 is included in Windows Server 2008 R2
Windows Remote
Management (WinRM) 1.1 ou 2.0
WinRM 1.1 está incluído no Windows Server 2008 e por padrão o serviço inicia automaticamente.
WinRM 2.0 está incluído no Windows Server 2008 R2, e por padrão, o WinRM inicia automaticamente.Caso esteja desabilitado ou start manually e o serviço estiver parado. O setup inicia o serviço durante a Verificação dos pre-requisitos.
Microsoft .NET
Framework 2.0 ou 3.0 SP1
    NET Framework 2.0 está incluso no Windows Server 2008 e se foi removido o setup        automaticamente Instala.Net Framework 3.0 inlcuído no Windows Server 2008 R2
Windows Automated
Installation Kit (WAIK)1.1
Este software não está previamente instalado, mas o Setup Wizard automaticamente instala.
Windows Server
Internet Information Services IIS 7.0 ou 7.5
Você deve adicionar a role IIS  e as seguintes server roles?

  • IIS 6 Metabase Compatibility
  • IIS 6 WMI Compatibility
  • Static Content
  • Default Document
  • Directory Browsing
  • HTTP Errors
  • ASP.NET
  • .NET Extensibility
  • ISAPI Extensions
  • ISAPI Filters
  • Request Filtering
Versão
suportada do SQL Server
http://technet.microsoft.com/en-us/library/cc764220.aspx
Versão suportada
do Windows Server
http://technet.microsoft.com/en-us/library/cc764213.aspx

Requisitos de Dominio do Active Directory

  • Para o VMM 2008 R2, você pode instalar o VMM server em um Windows Server 2008, 2008 R2 ou Windows Server 2003 Active Directory Domain.
  • Para o VMM 2008 Windows Server 2008 ou Windows Server 2003 Active Directory Domain
  • O VMM Server não pode ser  instalado em um dominio do Active Directory Windows 2000
  • Em um dominio Windows Server 2003, o nível funcional de dominio requerido é Windows Server 2003.

Número Suportado de Hosts e Máquinas Virtuais

  • O número máximo de hosts e máquinas virtuais suportados e testados no VMM nas configurações mais altas de hardware são 400 hosts e 8000 máquinas virtuais.
  • Se a sua implementação tiver mais de 150 hosts, é estremamente recomendado que você habilite o Server-optimized Garbage collector (GB) no Servidor VMM. Ele reduzirá significativamente a utilização de CPU no servidor VMM e melhora a performance paralela das operações do VMM.
  • Para habilitar o server-optimized garbage collector (GC) no servidor VMM, crie um arquivo  com o nome “vmmservice.exe.config” usando os seguintes codigos e  coloque ele no seguinte caminho%SYSTEMDRIVE%\Program Files\Microsoft System Center Virtual Machine Manager 2008\Bin

<configuration>
<runtime>
<gcServer enabled=”true”/>
</runtime>
</configuration>

A quantidade de máquinas virtuais que podem ser executadas a um host está limitada a sua capacidade.

  • Network optimization  detection during virtual machine placement. VMM 2008 R2 supports both Virtual Machine Queue (VMQ) and TCP Chimney Offload. These are Windows Server 2008 R2 features that improve network performance for virtual  machines
  • Suporte  para Storage Area Networks
  • Fibre Channel
  • N_Port ID Virtualization (NPIV) Fibre Channel
  • iSCSI SANs using the Microsoft Initiator

Suporte para redes de perímetro

  • Você consegue adicionar  servidores que estão na rede de perímetro, mas antes, você deve instalar o agente do VMM localmente nestes computadores e adicionálos na console de administrador do VMM.
  • VMM não suporte a adição de clusters que estão na rede de perímetro

Suporte a recursos distribuidos

  • Para organizações com ambientes dispersos, VMM suporta o uso de bibliotecas distribuidas que são gerenciadas por um servidor VMM centralizado
  • VMM não fornece um método  para replicar arquivos físicos na biblioteca do VMM ou metadados para objetos para objetos que são armazenados no banco de dados do VMM.
  •  Arquivos físicos devem ser replicados fora do VMM e matadados devem ser transfetidos por meio de scripts ou outros meios. VMM não suporta DFS Namespace (DFSN), anteriormente conhecido como Distributed File System (DFS), ou a replicação DFS (DFSR).

Maintenance Mode para Hosts

No VMM você pode iniciar o Maintenance Mode para sistemas baseados no Windows.

Quando você inicia o Maintenance mode em um host com o Windows Server 2008 R2 com alta disponibilidade, você pode fazer da seguinte forma:

  • Use o live migrate para migrar todas as máquinas virtuais para outro host no mesmo cluster. Se a migração falhar para qualquer máquina virtual no host, o maintenance mode não é iniciado no host e o VMM não migra de volta as máquinas virtuais que  já foram migradas.
  • Colocar todas as máquinas  virtuais que estão no host em um estado salvo.
  • Quando você coloca um host em estado de Maintenance Mode e ele não está em um cluster de alta disponibilidade, todas as máquinas que pertencem a este host, entram em  estado de saved state. E quando está máquina virtual entra em saved state, todos os usuários que estão conectados a um serviço desta máquina perdem a conexão com a máquina virtual.
  • Quando você coloca um host em estado de maintenance mode, VMM automaticamente faz o seguinte?
    • Bloqueia as operações de criação de máquina virtual
    • Exclui o host do Host  Ratings durante o placement
    • Coloca o host com o status de Maintenance Mode na consolde do VMM Administrators
    • Quando você retira o host do estado de maintenance mode, todos os serviços voltam ao normal e o VMM volta com o estado de OK no host no administrator console. De qualquer forma o VMM não faz automaticamente o live migration das máquinas virtuais que foram transferidas para outro host e não inicia qualquer máquina que esteja neste host
Anúncios

SCVMM – Roles – Funções

Uma Role de usuário é composta das seguintes partes:

  • Um PERFIL define um conjunto de operaçòes disponíveis que um membro da operação pode executar.
  • O escopo define o conjunto de objetos que as operaçòes podem ser executadas nos objetos.
  • A MembersShip especifica contas de usuários e grupos de seguraça que são atribuidos à função.

Existem 3 regras  na delegação com regras de usuários.

No VMM 2008, administradores controlam o acesso ao host através de regras de usuário. Existem 3 regras de usuários no VMM 2008: Administrator, Delegated Admnistrator e Self-Service.

A regra Administrator concede aos usuários direitos administrativos a todo o ambiente.

  • Capaz de executar todas as ações no VMM Administrator console. Membros dessa regra conseguem criar novas permissões de Delegated Administrator and self-service user roles. Somente membros da regra de Administrators conseguem adicionar membros as regras.

Observação: A regra de usuários Administrators é criada quando você instala o VMM. Por padrão, o usuário que efetuar a instalação do VMM é adicionado à regra Administrators e todos as contas que estiverem no grupo de segurança “Local Administrators”.

Características da Role Administrator

Configurações Descrição
Perfil Todas as operações no VMM
Escopo Todos os objetos gerenciados pelo Servidor VMM
Acesso do cliente VMM Administrator Console: SIM
Windows PowerShell -VMM Command Shell: SIM
VMM Self-Service Portal: Não

A regra Delegated Administrator concede aos usuários permissão administrativa com base em um escopo

  • Capaz de executar a maioria das ações no VMM Administrator console, mas apenas o que é definido no escopo da regra. Membros desta regra podem adicionar novos usuários nas regras “Delegated Administrator” e “Self-Service”, mas não conseguem modificar as configurações do VMM.

A função de Delegated Administrator atribui direitos de adminsitrador em um escopo amplo de grupo de hosts e biblioteca de servidores designados para a função. A eficiência que você delega a administração do VMM depende de um planejamento cuidadoso dos grupos de host e servidores de biblioteca dentro do seu ambiênte virtualizado.

Características da Role Delegated Administrator

    Configurações Descrição
Perfil O perfil “Delegated Administrator” permite as seguintes operações em objetos dentro do escopo da função do usuário. Estas operações não pode ser alteradas.

  • Visualizar, criar e gerenciar grupos de host,  hosts e redes virtuais no escopo do papel do usuário.
  • Criar, ver, modificar e migrar as máquinas virtuais no âmbito de escopo do papel do usuário.
  • Adicionar servidores na biblioteca.
  • Gerenciar os recursos de máquina virtual em todas as partes da biblioteca especificada nos library servers no âmbito de escopo do papel do usuário
  • Criar função de usuário
  • Adicionar servidores de biblioteca VMM
  • Gerenciar os recursos de máquina virtual em todas as partes da biblioteca especificada nos servidores da biblioteca no escopo do papel do usuário
  • Criar funções de usuário no escopo da função de usuário
  • Exibir, modificar ou remover funções de usuário que eles criaram
  • Realizar todas as operações de administrador no escopo do seu papel de usuário, exceto para as seguintes operações:
    • Não é possivel exibir, modificar ou remover funções de usuário criado por membros da função de usuário Administrador ou por outros membros de uma função de usuário Delegated Administrator.
    • Não é possivel midificar as configuraões globais do VMM ou configurações system center no VMM.
Escopo
  • N Grupos de Host –  Administrators tem permissão em todos os objetos dentro do grupo de host, hosts e redes virtuais contidos nos grupos de host atribuidos. Isso inlui disco rígidos virtuais, adaptadores de rede virtual, adaptadores SCSI, e assim por diante configurado em máquinas virtuais sobre os anfitriões.
  • N Library Servers – Virtual hard disk, Virtual Floppy, arquivos de imagem ISO, Windows PowerShell Scripts, arquivos de resposta SysPrep e Vmware templates armazenados na biblioteca de todas as ações dos servidores da biblioteca
Acesso do cliente VMM Administrator Console: SIM
Windows PowerShell – VMM Shell command: SIM
VMM Self-Service Portal: Não

A regra Self-Service determina quais ações os usuários podem tomar em suas próprias máquinas virtuais usando uma interface web: O Virtual Machine Manager Self-Service Portal. A regra de usuário self-service pode ser atribuida uma quota para limitar o nímero de máquinas virtuais que o usuário pode criar.

  • Capaz de executar o VMM  Self-Service Portal para executar tarefas nas suas máquinas virtuais que são definidas nas regras de usuário. Membros desta regra não conseguem criar novas regras para usuários.
  • O VMM usa permissões nos perfis de Self-Service do usuário, em vez de os controles de acesso baseado em função que estão configurados no Hyper-V para autorizar as operações em máquinas virtuais.

Características da Role Self-Service 

Configuração Descrição
Perfil Uma função de Self-Service pode conceder permissão para executar um ou todas das seguintes operações nas máquina virtuais que são proprietários:

  • Criar
  • Iniciar
  • Parar
  • Pausa e Resumo
  • Checkpoint – Criar e remover. Restaurar uma máquina virtual a um checkpoint anterior
  • Remover
  • Local Administrator – Definir a senha do administrador local, criando uma máquina virtual, que permite que o usuário seja um  dministrador na máquina virtual. Se você não permitir que esta operação, o VMM utilizará as credenciais do arquivo de resposta do SysPrep em vez de solicitar-los durante a criação da máquina virtual.
  • Conexão remota
  • Armazenar na biblioteca – Permite ao usuário armazenar as máquinas virtuais utilizadas na biblioteca VMM. As máquinas virtuais que estão armazenadas na biblioteca não contam contra a quota de máquina virtual.
Escopo
  • N Host Groups –  Utilizadores de self-service implantam máquinas virtuais automaticamente no  host mais adequado nos grupos de host, atribuido com base nos requisitos da  máquina virtual e as preferências da organização na configuração do  Placement. Isso é transparente para o usuário que não sabe onde a máquina virtual é implantada.
  • Um caminho para a bilbioteca – O caminho da biblioteca atribuido a uma função de self-service do usuário tem as seguinte finalidades:
    • Faz a imagem ISO disponível para os membros da função durante a criação da máquina virtual
    • Para o armazenamento da máquina virtual membros da função tem que ter a permissão para escolher em qual biblioteca armazenar.
    • Utilizadores do Self-service tem acesso de leitura nos discos virtuais e arquivos de imagem ISO usado durante a criação de máquinas virtuais, mas eles não são informados sobre a localização dos arquivos.
Acesso do cliente VMM Administrator console: Não
Windows Power Shell – VMM shell de comando: Sim (no âmbito da função de usuário self-service)
VMM Portal de Auto-Atendimento: Sim
Observação: para acessar o VMM Self-Service Portal, um administrador deve ser adicionado a uma função de usuário self-service.

Quando se tem um servidor de Hyper-V todas as permissões relacionadas a usuários, estão em no arquivo initialstore.xml localizado em
C:\programdata\microsoft\windows\Hyper-V. Quando se adiciona este host para ser gerenciado pelo VMM todas as configurações de permissão do Hyper-v que estão neste arquivo é direcionada para as regras que estão configuradas no VMM. Portanto após a adição do host a um SCVMM as permissões que passam a ser válidas são as que estão configuradas no VMM.

Arquivo initialstore.xml do VMM: c:\ProgramData\Microsoft\Virtual Machine Manager

Arquivo initialstore.xml no regedit:
HKLM\SOFTWARE\Microsoft\Windows NT\CurrentVersion\Virtualization\StoreLocation

StoreLocation:
msxml://C:\ProgramData\Microsoft\Virtual Machine Manager\HyperVAuthStore.xml

VmmPreviousStoreLocation:
msxml://C:\ProgramData\Microsoft\Windows\Hyper-V\InitialStore.xml

  • Dentro desta chave de registro existe um registro chamado VmmPreviousApplication(Que informa qual aplicativo controlava as      permissões de acesso ao recurso, Hyper-v), VmmPreviousStoreLocation (informa qual era a localização do arquivo antes de ser gerenciado por outro aplicativo, que no caso é o VMM), StoreLocation informa onde está localizado o HyperVauthStore.xml

Uma da coisas interessantes que vi no XML é que, no arquivo mostra o SID do usuário que está na regra do VMM, regras Administrator,  Delegated Administrator, Self-Service.

Quota: Para limitar o volume de máquinas virtuais que os membros de uma função de usuário self-service pode implantar em qualquer momento, você pode configurar uma quota para uma função de usuário self-service.

SCVMM Algumas Funcionalidades

  • Performance and resource Optimazation (PRO) aproveita a integração entre o VMM 2008 e o System Center Operations Manager para alertar usuários de situações potencialmente problemáticas.
  • Quando você adiciona um host e se este host esta executando o Windows Server 2008 R2 e não tem o Hyper-v habilitado, o VMM 2008 automaticamente habilita a role de Hyper-V no host.
  • Com o VMM 2008, você consegue criar e gerenciar maquinas virtuais executadas em hosts  Vmware ESX. Podendo adicionar o VMWare virtualcenter server ao VMM 2008, podendo gerenciar todos os hosts de uma única console.
  • Live Migration entre clusters de Windows Server 2008 R2